Última hora

Última hora

Fim do suspense: Sarkozy é candidato

Em leitura:

Fim do suspense: Sarkozy é candidato

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro do Interior francês, Nicolas Sarkozy, declarou-se oficialmente candidato a representar o seu partido de centro-direita no poder, a UMP, nas presidenciais de 2007. O anúncio da sua candidatura surge duas semanas depois da vitória de Ségolène Royal numa votação dos militantes do Partido Socialista, em que obteve mais de 60 por cento dos sufrágios.
Há já vários meses que não estava em dúvida a candidatura de Sarkozy, mas o ministro manteve a expectativa quanto à forma como a ia tornar pública.

À pergunta “é candidato à eleição presidencial”, o presidente da União para um Movimento Popular disse: “A minha resposta é sim”. A entrevista é hoje publicada nos diários regionais franceses. Desde pelo menos 2003 que Nicolas Sarkozy não esconde as suas ambições presidenciais. Presidente da UMP, Nicolas Sarkozy, 51 anos, é o grande favorito das sondagens à direita para as presidenciais de Abril que designarão o sucessor do Presidente Jacques Chirac. É o primeiro a anunciar oficialmente a sua candidatura no seu partido, a braços com vivas tensões entre “sarkozystas” e “chiraquianos”.
A designação do candidato da UMP deve ocorrer num congresso, a 14 de Janeiro, devendo as candidaturas ser apresentadas até 31 de
Dezembro.