Última hora

Última hora

Executivo de Prodi vende acções da Alitalia para salvar companhia

Em leitura:

Executivo de Prodi vende acções da Alitalia para salvar companhia

Tamanho do texto Aa Aa

O governo italiano colocou à venda metade da participação que detém na Alitalia, de modo a abrir a empresa a novos compradores e evitar a falência. Actualmente, o executivo socialista liderado pelo antigo presidente da Comissão Europeia, Romano Prodi, possui 49,9 por cento da companhia aérea e preapara-se para vender cerca de 25 por cento da participação.

A companhia aérea italiana prevê para este ano perdas superiores a 180 milhões de euros e enfrenta uma dívida de dois mil milhões de euros.

Há pelo menos um candidato à compra de acções – é a Air France/KLM. Quanto à Lufthansa, os órgãos dirigentes já fizeram saber que não têm em vista um projecto com a Alitalia no futuro.

A nova Alitalia vai ter por isso outra estrutura. Não se sabe exactamente qual, uma vez que só agora é que a participação do governo italiano vai ser colocada à venda. Mas a nova configuração deverá assegurar pelo menos dois por cento para a Air France-KLM.

A decisão do governo italiano poderá assim relançar a Alitalia no mercado. O dirigente da empresa assumiu que é impossível manter a 100 por cento a identidade italiana na empresa, é a competição que dita as regras e só a criação de um grupo forte poderá, segundo o actual líder da Alitalia, vencer no mercado.

A decisão o executivo de Romano Prodi provocou uma subida no preço das acções na ordem dos 10 por cento.