Última hora

Última hora

Exército derruba governo

Em leitura:

Exército derruba governo

Tamanho do texto Aa Aa

Golpe de Estado nas ilhas Fiji. Trata-se da quarta sublevação militar no país nas últimas duas décadas. O chefe do Estado-Maior, o comandante Frank Bainimarana, tomou conta do arquipélago e depôs o primeiro-ministro Laisenia Qarase. O chefe do executivo encontra-se em prisão domiciliária. O chefe militar declarou ter tomado conta do governo do país desde as 18 horas locais e apelou aos cidadãos para manterem a calma e a paz nas ruas.

O comandante Bainimarana acusa o primeiro-ministro de dirigir um executivo corrupto e de não ser suficientemente duro para com os autores do golpe de estado precedente, há seis anos. Laisenia Qarase já reagiu. Além de afirmar que tenciona manter-se no cargo, o líder do governo deposto acusa o Comandante das forças armadas de envergonhar a nação. Por isso apela “a todas as pessoas de bem para se manifestarem e lutarem pela democracia”.

O conflito entre as duas figuras do Estado remonta a meados de Outubro quando o chefe militar deu três semanas ao governo para retirar dois projectos-lei controversos. O presidente Ratu Josefa Iloilo afirmou num comunicado não apoiar a acção militar que, sublinhou, é claramente contrária à constituição. Entretanto os países vizinhos, nomeadamente a Austrália e a Nova-Zelândia condenaram o golpe de Estado. Camberra enviou mesmo três navios para a zona na eventualidade de ter de repatriar turistas australianos.