Última hora

Última hora

Fusão Euronext/NYSE mais próxima

Em leitura:

Fusão Euronext/NYSE mais próxima

Tamanho do texto Aa Aa

A Euronext e a New York Stock Exchange (NYSE)estão mais perto de formarem a maior bolsa do mundo, depois da luz verde, embora condicional, dos reguladores europeus. As entidades de França, Grã-Bretanha, Bélgica, Holanda e Portugal aceitaram o projecto de fusão da bolsa pan-europeia com a parceira norte-americana, com uma série de condições. Uma dessas condições é que a nova empresa, resultante da união, passe a consultar os reguladores sobre avanços que não estejam previstos no actual projecto de fusão.

Quando o negócio foi anunciado, o presidente da Euronext, Jean-François Théodore, dizia: “esta nova bolsa significa um só sistema de trocas, economias de escala, mais liquidez, um só sistema de redes que elimina os riscos. Tudo na mesma plataforma”.

O grupo NYSE-Euronext vai ter uma capitalização total de cerca de 21,5 biliões de euros, isto em termos de soma do valor das acções das empresas que lá estão cotadas. O grupo resultante da fusão entre a bolsa de Londres e o mercado tecnológico norte-ameruicano Nasdaq vai ter um total de acções cotadas no valor de 9,5 biliões.

A aproximação entre o mercado londrino e o Nasdaq é outro capítulo na consolidação das bolsas mundiais. A London Stock Exchange (LSE) rejeitou, até agora, todas as propostas do Nasdaq, a última de quatro mil milhões de euros, mas a fusão parece possível.