Última hora

Última hora

Merkel e Chirac querem adiar negociações com a Turquia para 2009

Em leitura:

Merkel e Chirac querem adiar negociações com a Turquia para 2009

Tamanho do texto Aa Aa

Nem São Nicolau pode salvar Ancara. Berlim e Paris apoiam a suspensão de certos capítulos das negociações com a Turquia, tal como recomendou Bruxelas, a semana passada. Em causa, a recusa da Turquia em abrir os seus portos e aeroportos aos navios e aviões cipriotas.

Aproveitando a festa de São Nicolau, na Alemanha, os líderes do Triângulo de Weimar – que reúne Alemanha, França e Polónia – reuniram-se esta terça-feira. Angela Merkel considera que a proposta de Bruxelas pode ser uma boa base de trabalho.

A chanceler alemã defende também que se fixe um prazo para rediscutir os progressos da Turquia: “Não queremos fixar qualquer tipo de ultimato. Mas, enquanto Estados membros, queremos basear-nos nos relatórios da Comissão Europeia. Ela deve dizer-nos o que foi conseguido e como podemos avançar, e isto entre o Outono de 2007 e a Primavera de 2009.”

Datas concretas: no próximo Outono são as eleições legislativas turcas e na Primavera de 2009 decorrem as europeias. Durante a manhã, Recep Tayyip Erdogan esteve em contacto com Merkel. O primeiro-ministro turco pediu à chanceler alemã que evite o que chamou de “erro histórico.” Se a Turquia se afastar da União Europeia, disse, quem fica a perder é a Europa. De qualquer forma, e isso ficou bem claro desde a abertura das negociações, em Outubro do ano passado, uma eventual adesão da Turquia à União Europeia só é previsível dentre de 10 ou 15 anos.