Última hora

Última hora

Putin e d'Alema falaram de Litvinenko

Em leitura:

Putin e d'Alema falaram de Litvinenko

Tamanho do texto Aa Aa

Cooperação na investigação do caso Litvinenko foi o que prometeu o presidente russo ao chefe da diplomacia italiana, que recebeu esta tarde em Moscovo. Vladimir Putin e Maximo d’Alema falaram das relações entre os dois países, particularmente do acordo energético concluído no mês passado entre a ENI italiana e a Gazprom russa, mas o inquérito sobre o ex-espião envenenado também fez parte da conversa. Putin terá nomeadamente pedido que o caso seja restringido ao âmbito judicial e deixe de ser visto como uma conspiração política.

A Itália está envolvida na investigação. O conselheiro de segurança italiano, Mario Scaramella, que encontrou Litvinenko em Londres, está também contaminado com o agente radioactivo polónio 210. A polícia selou hoje o escritório de Scaramella em Nápoles.