Última hora

Última hora

Líder ultra-nacionalista sérvio corre risco de vida

Em leitura:

Líder ultra-nacionalista sérvio corre risco de vida

Tamanho do texto Aa Aa

O líder ultra-nacionalista sérvio Vojislav Seselj detido no Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia corre risco de vida. Depois dos vários apelos dos seus médicos esta terça-feira foi a vez das autoridades de Belgrado pediram ao TPI a transferência de Seselj para um tribunal da capital sérvia. A degradação do estado de saúde de Seselj deve-se a uma greve da fome que iniciou no passado dia 10 de Novembro e devido à qual já perdeu 25 quilos.

O líder do Partido Radical Sérvio, maioritário no actual parlamento de Belgrado, recebeu a visita de um dos seus médicos, Momcilo Babic, que referiu que Seselj “encontra-se numa posição muito perigosa, a situação é dramática. Ele pode morrer antes de entrar em coma ou a dormir”.

Vojislav Seselj está a ser julgado por crimes de guerra e crimes contra a humanidade e iniciou uma greve da fome para protestar contra a decisão do TPI de lhe atribuir um advogado de reserva depois de lhe ter dado autorização para se defender a si próprio.