Última hora

Última hora

Etarra absolvido por falta de provas

Em leitura:

Etarra absolvido por falta de provas

Tamanho do texto Aa Aa

A Audiência Nacional espanhola decidiu a absolvição do etarra Gregório Vicário supeito do rapto de um empresário Basco.Ao processo faltaram provas de ADN recolhidas pela polícia mas ausentes do dossiê por razões desconhecidas.
José Maria Aldaya que esteve sequestrado 341 dias entre 8 de Maio de 1995 e 14 de Abril de 1996 poderá interpor recurso desta decisão judicial.

O Ministério Público tinha reclamado 17 anos de prisão para o acusado que durante a última sessão do julgamento declarou o orgulho de pertencer ETA e que Aldaya “tinha sorte de estar vivo”. A ETA observa desde 24 de Março um “cessar-fogo permanente”, ponto de partida para um complexo “processo de paz” com o governo espanhol, que não registou avanços concretos atravessando mesmo um período de alta tensão.