Última hora

Última hora

Recontagem de votos nulos, em branco e contestados em Itália

Em leitura:

Recontagem de votos nulos, em branco e contestados em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Sete meses depois votos brancos e nulos nas eleições para o Senado italiano, em Abril, vão ser recontados. A comissão do senado para a verificação do escrutínio decidiu por unanimidade. Vão ser recontados boletins em sete das 20 regiões do país: Calábria, Campania, Lazio, Lombardia, Apulia, Sicilia e Toscana. Caso existam diferenças significativas a comissão senatorial vai estender a recontagem às outras regiões. Recorde-se que as eleições legislativas de Abril foram muito equilibradas. Romano Prodi venceu na câmara dos deputados com a escassa margem de 40 mil votos. No senado a aliança de centro-esquerda tem a vantagem mínima de um senador.

Silvio Berlusconi nunca aceitou os resultados e denunciou a existência de irregularidades. Mas as suspeitas também recaem sobre o antigo primeiro-ministro já que um trabalho jornalístico publicado em Novembro revelou a existência de um programa informático que transformou votos brancos em votos a favor da coligação de centro-direita.