Última hora

Última hora

Suez quer troca de acções com GDF

Em leitura:

Suez quer troca de acções com GDF

Tamanho do texto Aa Aa

A Gaz de France e a Suez vão ter que encontrar soluções temporárias para a fusão, depois do Conselho Constitucional francês ter adiado o processo para Julho. A solução deve passar por uma troca de acções. O Conselho de Administração da Suez teve esta sexta-feira uma reunião, onde o presidente Gérard Mestrallet reafirmou a vontade de fusão com a GDF.

Se o negócio avançar, vai criar uma rede de 20 milhões de clientes de gás e electricidade, 80 milhões na distribuição de água e 65 milhões nos serviços de tratamento de lixo. A facturação combinada dos dois grupos ronda os 64 mil milhões de euros. O negócio foi sujeito a várias limitações. Uma foi o adiamento da reunião do Conselho de Adminiostração da GDF, por ordem de um tribunal, depois dos sindicatos se terem queixado de não terem sido suficientemente informados. Os títulos da Suez atingiram ersta sexta feira um novo máximo histórico na bolsa de Paris, com os investidores a acreditarem no sucesso da fusão.