Última hora

Última hora

Polícia alemã abre inquérito contra Kovtoune

Em leitura:

Polícia alemã abre inquérito contra Kovtoune

Tamanho do texto Aa Aa

As pistas do envenenamento de Alexander Litvinenko conduzem o caso até à Alemanha. A justiça de Hamburgo abriu um processo de instrução criminal contra Dimitri Kovtoune. A polícia germânica confirmou este domingo a descoberta de traços de Polónio 210 na casa da ex-mulher do homem de negócios russo. A mesma substância radioactiva foi detectada no prédio da antiga sogra de Kovtoune, também na Alemanha.

As autoridades germânicas não têm dúvidas, trata-se do produto assassino. Dimitri Kovtoune encontra-se actualmente internado num hospital de Moscovo mas as notícias sobre o seu estado de saúde não são claras. Antes de ser hospitalizado o homem de negócios confirmou ter-se encontrado com o antigo agente russo em Londres no dia 1 de Novembro, o dia em que se sentiu mal, acabando por falecer 22 dias depois.

Os investigadores britânicos que se encontram em Moscovo já tiveram a oportunidade de interrogar Dimitri Kovtoune