Última hora

Última hora

Território rebelde da Moldávia vota em "presidenciais"

Em leitura:

Território rebelde da Moldávia vota em "presidenciais"

Tamanho do texto Aa Aa

A região separatista pró-russa da Transnistria vota hoje para eleger o seu “presidente”. Um cargo e um escrutínio que não são reconhecidos internacionalmente, já que o território se autoproclamou independente em 1990. Cerca de 400.000 eleitores escolhem hoje entre o “presidente” cessante, Igor Smirnov, e outros três candidatos. No entanto a reeleição de Smirnov, um herói da guerra entre separatistas e forças moldavas, aparece como o cenário mais provável.

A Transnistria é um enclave de 200 quilómetros de comprimento por 20 de largura, entre a Moldávia e a Ucrânia, que só se mantém independente de facto graças ao apoio das forças russas. Os habitantes do território são defensores acérrimos da independência como provaram com 91% dos votos num referendo em Setembro.