Última hora

Última hora

Violência continua a crescer na Faixa de Gaza

Em leitura:

Violência continua a crescer na Faixa de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Um juiz, membro do Hamas e conotado com o braço armado deste partido, foi assassinado, esta quarta-feira. As brigadas Ezzedine Al Qassam, afectas ao Hamas, apontam o dedo a membros da segurança privada do partido Fatah. Mas um porta voz do Hamas, Ismail Rudwan foi mais cauteloso, limitando-se a condenar a violência política: “Nós condenados, fortemente, este caminho de assassinatos criminosos e expreeesamos a nossa condenação, com revolta, destes actos crimonosos que estão de novo a massacrar os nossos irmãos, os nossos lideres, os nossos combatentes.

O juiz Bassam al Farra foi assasinado com tiros disparados por dois homes que se aproximaram subitamente. O Fatah também já se manifestou contra este crime. Apesar de muitos pensarem que se trata de uma vingança, pelo assassinato, na terça.feira de três crianças, filhas de um alto quadro do gabinete do presidente Mhoamud Abbas. Al Farra era juiz de um trtibunal islâmico, no sul da Faixa de Gaza, e apontado como chefe local das milícias do Hamas.