Última hora

Última hora

Blair interrogado no caso de troca de favores políticos por financiamento partidário

Em leitura:

Blair interrogado no caso de troca de favores políticos por financiamento partidário

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico foi hoje interrogado pela Scotland Yard no quadro de uma investigação às práticas de financiamento dos partidos britânicos. Blair, que terá sido ouvido como testemunha durante 2 horas, é o último dos membros do governo trabalhista a prestar depoimento sobre o caso.

A investigação, iniciada em Março, tem por objectivo apurar se 4 empresários britânicos terão beneficiado de uma nomeação para a câmara dos Lordes em troca de empréstimos avultados à campanha eleitoral dos trabalhistas em 2005. A troca de títulos honoríficos por dinheiro é considerada ilegal à luz de uma lei britânica datada de 1925.

Responsáveis próximos de Blair negam as acusações, alegando que as nomeações para a câmara dos Lordes são decididas pelos partidos e que o facto de se ser um financiador não é considerado um entrave à nomeação. A polícia tenta assim apurar as eventuais contrapartidas políticas de 20 milhões de euros de empréstimos atribuídos à campanha trabalhista. Do lado dos conservadores são 34 milhões de euros que suscitam as mesmas dúvidas.