Última hora

Última hora

Líderes europeus acautelam alargamento

Em leitura:

Líderes europeus acautelam alargamento

Tamanho do texto Aa Aa

Em Bruxelas, os chefes de Estado e de governo começaram o segundo dia de trabalho da última cimeira a Vinte e Cinco para continuarem a conversar nomeadamente sobre o alargamento da União e as reformas institucionais. Esta manhã, Durão Barroso mostrava-se bastante optimista quanto ao consenso sobre o alargamento, um consenso dificil de adivinhar ontem : “Bom dia, espero que as conclusões, hoje tornem claro que estamos a progredir. A atmosfera da reunião de ontem foi muito boa. Está claramente a emergir um consenso em matéria de alargamento”, disse aos jornalistas

Os últimos a apanhar este comboio foram a Roménia e a Bulgária, que participam nesta cimeira apenas como observadores. A haver consenso, ele vai no sentido de travar o alargamento da União durante alguns anos – pelo menos até à resolução do impasse criado com a rejeição da França e da Holanda à Constituição Europeia.

O próximo país a receber a prenda da entrada no clube europeu será a Croácia, lá para 2009 ou 2010. Os Vinte e Cinco prometem ser mais rigorosos na avaliação dos países candidatos e na sua capacidade de integração. Na mira estão a Macedónia, Albânia, Montenegro, Bósnia Herzegovina e um dia, talvez, a Turquia. A imigração e a Constituição Europeia estão também em debate nesta reunião. A chanceler alemã, Angela Merkel, quer relançar o processo durante a sua presidência que começa já em Janeiro.