Última hora

Última hora

Polícia britânica reconstitui últimas horas de vida das vítimas de Ipswitch

Em leitura:

Polícia britânica reconstitui últimas horas de vida das vítimas de Ipswitch

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica divulgou este Sábado as imagens das últimas horas de vida de Anneli Alderton. A última das cinco vítimas misteriosamente assassinadas em Ipswitch no início de Dezembro foi filmada por uma câmara de vigilância no interior de um comboio suburbano.

Os investigadores analisam agora mais de 10 mil horas de registos vídeo para tentar reconstituir o percurso das vítimas e identificar possíveis suspeitos. Para o responsável da investigação, “estas imagens permitirão agora descobrir em que estação saíu Anneli e talvez saber onde se dirigiu de seguida”.

Segundo a polícia, os assassínios das cinco mulheres estão interligados. As cinco eram prostitutas, tóxicodependentes, os cadáveres foram descoberos nus sem sinais de violência sexual, entre os dias 2 e 12 de Dezembro. Segundo a imprensa britânica, a polícia poderá ter já identificado cinco suspeitos, um dos quais seguindo uma pista considerada interessante.

Cerca de 350 investigadores trabalham agora sobre o caso, numa operação com o nome de código “Sumac”. Uma linha telefónica especial da polícia recebeu já 9 mil chamadas de potenciais testemunhas. Paralelamente os investigadores tentam encontrar indícios sobre o terreno, nomeadamente as peças de vestuário das vítimas. O caso comparado ao de “Jack o estripador”, guarda ainda muitas perguntas sem resposta, como por exemplo as causas da morte de três vitimas que ainda não foram apuradas.