Última hora

Última hora

Ambiente de guerra civil nos territórios palestinianos

Em leitura:

Ambiente de guerra civil nos territórios palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Em Gaza, homens armados atacaram um comboio de viaturas em que viajava o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mahmoud al-Zahar, membro do Hamas. O incidente provocou um tiroteio entre o que se pensa ser partidários do Fatah e do Hamas.

O episódio acontece depois desta noite um campo de treinos da guarda presidencial de Mahmoud Abbas ter sido tomado de assalto por homens armados do Hamas. Um membro da guarda presidencial perdeu a vida e vários outros ficaram feridos. Horas antes, em Khan Younes verificou-se também um tiroteio entre apoiantes do movimento islâmico e membros do Fatah, leal a Abbas. 19 pessoas ficaram feridas, uma está em estado considerado grave.

O rastilho que despoletou a violência, em particular a ira dos apoiantes do Hamas, que controla o governo, foi a convocação de eleições legislativas e presidenciais antecipadas por parte do presidente da Autoridade Nacional Palestiniana. Abbas garantiu que a sua decisão não iria provocar uma guerra civil mas o Hamas considerou a iniciativa presidencial um golpe de Estado e um apelo à guerra.