Última hora

Última hora

Bush ratifica polémico acordo de cooperação nuclear com a Índia

Em leitura:

Bush ratifica polémico acordo de cooperação nuclear com a Índia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente americano ratificou a lei que permite a exportação de tecnologias e combustível nuclear para a Índia, o que não ocorre há 30 anos. Para os opositores, o acordo de cooperação, aprovado a 9 de Dezembro pelo Congresso, mina os esforços para combater a corrida às armas nucleares.

George W. Bush evoca a importância para cimentar as relações políticas e económicas. Segundo Bush, “Estados Unidos e Índia trabalham juntas para expandir as oportunidades económicas nos dois países. A economia indiana mais do que duplicou desde 1991 e é um dos mercados com maior crescimento para os produtos americanos”.

A questão é sensível. Washington é contra os dossiês nucleares do Irão e da Coreia do Norte e a Índia mantém uma velha rivalidade que o levou várias vezes à guerra com o vizinho Paquistão por causa da região de Caxemira.

O texto, que deve receber nova autorização do Congresso e a aprovação das autoridades internacionais, impõe condições, algumas contestadas por Nova Deli.

A Índia, que não ratificou o Tratado de Não Proliferação nuclear e que se estima que possua 50 ogivas, não poderá efectuar novos testes e deverá autorizar inspecções internacionais às centrais civis. Excluídas ficam as militares.