Última hora

Última hora

Polícia britânica detém suspeito de assassínio das cinco jovens prostitutas

Em leitura:

Polícia britânica detém suspeito de assassínio das cinco jovens prostitutas

Tamanho do texto Aa Aa

Eram 7:20h da manhã quando a polícia britânica deteve o primeiro suspeito da morte de cinco prostitutas no Leste de Inglaterra, na região de Ipswich. Trata-se de um homem de 37 anos, recém-divorciado, taxista a tempo parcial, empregado num supermercado, com um blog na internet, que numa entrevista ao jornal Sunday Mirror admitiu conhecer as jovens e não ter alibis fortes, por isso poderia ser detido entre 50 suspeitos. E confirmou que a policia já o tinha interrogado quatro vezes.

A entrevista foi publicada Domingo. A polícia deteve o individuo Segunda-feira de manhã. As televisões britânicas mostraram não só as fotos do jornal como divulgaram o nome do suspeito, apesar de não haver provas concretas de que seja o culpado.

As autoridades registaram a detenção de um homem de 37 anos, mas não asseguram que o nome divulgado seja o que foi dado a conhecer pela imprensa. Disseram apenas que o detido estaria relacionado com a morte das cinco mulheres.

O suspeito em causa explicou ainda na entrevista que era protector das jovens, tinha uma relação íntima com elas, que teria todas as oportunidades para as matar pois elas confiavam nele.

No entanto, quanto ao envolvimento directo nos assassínios, nega tudo.

Anneli Alderton, de 24 anos, terá sido vista pela última vez em vida através de uma câmara de vigilância, a policia acredita que pode ter sido estrangulada. Uma outra vítima apareceu na televisão britânica numa entrevista sobre os riscos da prostituição na rua, pouco tempo depois foi dada como desaparecida.