Última hora

Última hora

Gaza entre a calma e confrontos violentos isolados

Em leitura:

Gaza entre a calma e confrontos violentos isolados

Tamanho do texto Aa Aa

Houve novos confrontos nas ruas de Gaza. O funeral de dois activistas do Fatah foi pretexto para mais destruição. O cortejo fúnebre passou por um posto da polícia do Hamas, militantes do Fatah não hesitaram e partiram tudo o que puderam. Elementos da formação que governa os territórios palestinianos saíram depois armados, destruiram pelo menos um automóvel.
As escaramuças duraram cerca de uma hora. Seis pessoas terão ficado feridas no meio do tiroteio.

Tratou-se de mais uma quebra na trégua anunciada ontem à noite, depois de uma outra que já tinha sido decretada quando o primeiro-ministro britânico esteve no Médio Oriente. Ao que tudo indica, a falta de respeito pelo cessar-fogo por parte das duas facções manifesta-se em ataques específicos e isolados em Gaza.

Depois da morte dos dois activistas do Fatah, as forças de segurança leais ao presidente e os polícias do Hamas pouco se vêem nas ruas. O espectro da guerra civil está mais ou menos afastado por agora. A provar isso está a reabertura das lojas em Gaza. As pessoas começam a regressar à rotina. As escolas devem reabrir as portas já no sábado.