Última hora

Última hora

Iraque: homem forte do Pentágono estuda situação no terreno

Em leitura:

Iraque: homem forte do Pentágono estuda situação no terreno

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dias depois de prestar juramento como novo secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates desembarcou em Bagdad para se encontrar com os comandantes norte-americanos e iraquianos. O ex-director da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, CIA, agora à frente do Pentágono, quer conhecer a situação no terreno, que é tudo menos normal. O Exército norte-americano sofre uma média de 950 ataques por semana no Iraque. Hoje, à sua chegada houve dois atentados que fizeram, pelo menos 15 mortos. Por isso, se Bush fez um discurso em que pediu “escolhas difíceis e sacrifícios suplementares em 2007”, terá de aceitar as informações que o seu homem forte está agora a recolher.

Gates encontrar-se-à com Nouri al-Maliki, primeiro-ministro iraquiano, que se opõe ao aumento do contingente americano.

Para já, deve estar satisfeito porque, pela primeira vez, no sul, o exército norte-americano entregou o comando da província de Najaf ao exército iraquiano.

Najaf é a terceira das 18 províncias iraquianas a passar para controlo do exército iraquiano. As tropas britânicas entregaram ao país o controlo da província de Muthana em Julho, e os soldados italianos transferiram a província de Dhi Qar aos soldados iraquianos em Setembro.