Última hora

Última hora

Kofi Annan despede-se do cargo com críticas à intervenção no Iraque

Em leitura:

Kofi Annan despede-se do cargo com críticas à intervenção no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Kofi Annan deu ontem uma conferência de imprensa de despedida após dez anos como Secretário-Geral das Nações Unidas. Em jeito de balanço, Annan considerou a incapacidade de impedir a guerra no Iraque como o pior momento vivido no cargo e deixou recados e críticas. “Da próxima vez que se verificar uma ameaça alargada à comunidade internacional, espero que se aja com calma e se procure a aprovação do Conselho de Segurança, porque quando se trata de uma ameaça alargada à comunidade internacional apenas o Conselho de Segurança tem legitimidade para autorizar acções nessa base.”

Annan concluiu que o conflito no Iraque encerra muitas lições tanto para aqueles que o apoiaram como para os países que estiveram contra a invasão. A partir de 1 de Janeiro, Kofi Annan é substituído no cargo pelo sul-coreano Ban Ki-Moon.