Última hora

Última hora

Mediação europeia leva facções beligerantes às negociações de paz

Em leitura:

Mediação europeia leva facções beligerantes às negociações de paz

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de combatentes islamitas terão sido abatidos durante um dia de violentos confrontos entre as milícias rebeldes do Conselho de Tribunais Islâmicos da Somália e as forças regulares, apoiadas por elementos do exército etíope. Os combates, que tiveram lugar junto ao feudo governamental de Baidoa, eclodiram após o fim do ultimato dado pelos islamitas às forças etíopes para abandonarem o território somali.

Os rebeldes islamitas ocupam já grande parte do território da Somália, incluindo a capital Mogadíscio, e ameaçam levar a cabo uma guerra santa para expulsar os combatentes estrangeiros do país. Numa maratona diplomática entre Baidoa e Mogadíscio, o Comissário Europeu para o Desenvolvimento Louis Michel tentou trazer as facções beligerantes para a mesa de negociações. “A violência não vai resolver este conflito. Só há uma forma de sair do conflito que é relançar o processo de paz de Cartum.”

As duas partes acordaram regressar a uma quarta ronda negocial na capital sudanesa, porém, nenhum calendário ficou definido. A UE está particularmente empenhada em resolver o conflito para evitar um eventual alastramento da instabilidade a toda a região.