Última hora

Última hora

Serviços de segurança russos matam 2 homens armados em Cherkessk

Em leitura:

Serviços de segurança russos matam 2 homens armados em Cherkessk

Tamanho do texto Aa Aa

As forças de segurança russas afirmam ter abatido membros do grupo de Atchemez Gotchaiev. Um ou dois homens, segundo as fontes, foram eliminados numa operação especial do FSB, o sucessor do KGB. Sobre os homens recaia, entre outras, a suspeita de estarem envolvidos no homicídio de polícias em Cherkessk, uma região autónoma russa, na Instável região do Cáucaso.

Segundo as autoridades, os homens pertenciam ao grupo de Gotchaiev, alegadamente responsável pelas explosões de 1999 em dois edifícios de Moscovo.

Explosões que segundo o falecido Alexandre Litvinienko e outras fontes terão sido responsabilidade dos serviços secretos russos para justificar a segunda guerra na Chechénia.

A porta-voz dos serviços de segurança afirma que os sitiados responderam com tiros a uma proposta de rendição.

Os alegados militantes islâmicos agora abatidos eram ainda suspeitos de estarem envolvidos na morte de 7 empresários. Um caso em que recaem também suspeitas sobre o genro do presidente da região de Cherkessk, Mutafa Batdyey.