Última hora

Última hora

Aliança tripartidária de conservadores e verdes equilibra parlamento checo

Em leitura:

Aliança tripartidária de conservadores e verdes equilibra parlamento checo

Tamanho do texto Aa Aa

É oficial: na República Checa, conservadores e verdes assinam acordo sobre a formação do governo depois de sete meses de negociações. O primeiro-ministro cessante Mirek Topolonek, do Partido Democrata Cívico assinou o acordo com os Cristãos Democratas e com o Partido dos Verdes na esperança de formar uma aliança para o governo que devia ter saído das eleições em Junho passado. Mas a direita e a esquerda obtiveram 100 lugares dos 200 disponíveis e não saíram do impasse, até agora.

O projecto de coligação tripartida parece ser o único capaz de obter a confiança do Parlamento.

Até aqui, o presidente Vaclav Klaus tem recusado as propostas do governo de Topolanek, por ele não ter o apoio dos sociais-democratas do centro-esquerda. Se o Parlamento chumbar a moção de confiança – a terceira desde Junho, o presidente é obrigado a dissolver a Assembleia e a convocar eleições antecipadas.