Última hora

Última hora

Informações contraditórias sobre execução de Saddam

Em leitura:

Informações contraditórias sobre execução de Saddam

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades iraquianas desmentem que Saddam Hussein esteja a horas de ser executado. Os militares norte-americanos teriam entregue o antigo ditador aos iraquianos, segundo os advogados de defesa, a quem teria sido pedido que guardassem todos os objectos pessoais de Saddam, um gesto que parece ser um passo para a execução.

No entanto, estas informações foram desmentidas por um porta-voz do Ministério da Justiça, segundo o qual a execução não deve acontecer antes do dia 26 de Janeiro. É pouco provável que a execução seja levada a cabo durante as celebrações do Hajj, que duram até ao dia dois de Janeiro.

Saddam Hussein foi condenado à morte por enforcamento. Depois da rejeição do recurso, o tribunal anunciou que a execução iria acontecer nos próximos trinta dias. O ex-ditador, deposto pela guerra levada a cabo pelos norte-americanos e britânicos, declarou que iria morrer como um mártir. O processo está envolvido em algum mistério, já que as autoridades querem evitar todo o tipo de incidentes. É provável que a data e o local da execução só venham a ser divulgados no último momento.