Última hora

Última hora

Saddam Hussein pode ser executado em breve

Em leitura:

Saddam Hussein pode ser executado em breve

Tamanho do texto Aa Aa

A execução de Saddam Hussein poderá estar iminente. Depois do Supremo Tribunal iraquiano confirmar a sentença à morte do antigo ditador, a grande dúvida é quando será executada. Um responsável da administração norte-americana revelou, no anonimato, que poderá ter lugar nos próximos dias. No entanto, um membro do executivo iraquiano disse que as festividades religiosas no país poderão atrasar a execução. Saddam recebeu ontem a visita de dois dos seus irmãos.

Giovanni di Stefanno, um dos advogados de defesa do ex-ditador diz que “o maior problema que enfrentam não está relacionado com os Tribunais, com a Comissão Inter-Americana de Direitos Humanos ou com os políticos, mas sim com o próprio cliente, Saddam Hussein, que está preparado para morrer”. Acrescenta que “as organizações que condenam o julgamento” – que classifica de “exibição política” – “são as mesmas que condenaram os abusos dos direitos humanos quando Saddam estava no poder”. Di Stefanno diz ainda que “a execução não beneficia ninguém, pois conduzirá a um ‘rio de sangue’ que se propagará por todo o Médio Oriente.”

São várias as vozes que consideram que a morte por enforcamento de Saddam terá um efeito negativo nos esforços de pacificação do Iraque. Foi exactamente essa a opinião transmitida ontem pelo primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, durante a última conferência de imprensa de 2006.

No Iraque, pautado por uma semana particularmente violenta, a população segue atentamente os desenvolvimentos de um processo que terá certamente consequências directas no terreno.