Última hora

Última hora

Termina prazo para acordo entre Rússia e Bielorússia sobre preço do gás

Em leitura:

Termina prazo para acordo entre Rússia e Bielorússia sobre preço do gás

Tamanho do texto Aa Aa

O negociador bielorusso encarregue de resolver o diferendo sobre o preço do gás com a Rússia chega hoje a Moscovo. Termina este domingo o prazo dado a Minsk para aceitar o aumento dos preços do gás. A Bielorússia diz concordar com a subida dos preços em 2007 dos 46 para os 100 dólares por mil metros cúbicos, mas quer mais tempo para negociar tarifas para os anos seguintes.

Mas, Moscovo quer 105 dólares por mil metros cúbicos de 2007 a 2011 e 50% da participação no sistema de gasodutos Beltransgaz. Caso nao haja acordo, a Gazprom pretende cortar os fornecimentos de gás natural aos bielorrussos no dia 1 de Janeiro.

Minsk ameça com perturbações nos gasodutos que atravessam o seu território mas por eles só passa 5 por cento do gás que vai para a Europa Ocidental. A Ucrânia, a Georgia e a Moldávia sofreram aumentos no preço do gás em 2006. Segundo os analistas, Moscovo adoptou uma política dura em relação às ex-repúblicas soviéticas: só há favores económicos se houver lealdade política.