Última hora

Última hora

União Europeia acolhe dois novos Estados-membros

Em leitura:

União Europeia acolhe dois novos Estados-membros

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Parlamento Europeu Josep Borrell deu, na noite passada, as boas-vindas à Roménia e à Bulgária, os dois novos Estados-membros da União Europeia. Borrell estava em Bucareste, onde acompanhou as festividades de adesão, que decorreram em simultâneo com a entrada no novo ano de 2007. Com estas adesões, o bloco comunitário passa a incluir 27 Estados-membros e vê a sua população total crescer em trinta milhões para 490 milhões de habitantes. Nas ruas da capital romena, a alegria tomou conta dos cidadãos, conscientes do desafio que representa a adesão.

“Somos europeus. Estamos gratos à União Europeia, porque nos ajuda muito. Desejamos um feliz ano novo a todos os países da União Europeia”, exulta um cidadão de Bucareste. Mais cautelosa, uma mulher afirma: “Somos um país com uma história e uma cultura muito ricas, algo que a América, por exemplo, não tem. Espero que os romenos compreendam o que significa ser cidadão da Europa.” As economias romena e búlgara crescem a bom ritmo, mas têm um rendimento per capita que corresponde ainda a apenas um terço da média comunitária.

Depois de terem falhado o primeiro alargamento a Leste em Maio de 2004 devido à lentidão das reformas políticas e económicas, Bucareste e Sófia conseguiram a adesão, naquele que será seguramente o último alargamento europeu da década.