Última hora

Em leitura:

Morreu o autarca mais carismático de Jerusalém


mundo

Morreu o autarca mais carismático de Jerusalém

Israel perdeu uma das suas figuras políticas de referência desde a constituição do Estado em 1948. Theodor Kollek, o trabalhista que presidiu à câmara de Jerusalém durante 28 anos, faleceu hoje, com 95 anos. Kollek, a quem amigos e adversários tratavam por “Teddy” foi pela primeira vez eleito em 1965 e só foi derrotado em 1993 por Ehud Olmert, o actual primeiro-ministro do país.

Uma derrota com sabor bastante amargo para este homem que defendeu sempre a coexistência das diferentes religiões na cidade Santa. Olmert prestou-lhe homenagem esta terça-feira afirmando que “o nome de Kollek e a glória de Jerusalém estarão sempre ligados”.

Nascido em Viena em 1911, emigrou para Israel aos 24 anos com o sonho de fundar um kibbutz na Galileia. Antes de se tornar presidente da câmara de Jerusalém trabalhou durante 12 anos ao lado de David Ben Gurion, o pai fundador do Estado de Israel.

Kollek fica na História como o homem que lançou os projectos mais ambiciosos de construção e renovação da cidade Santa, desde o sultão otomano, Suleimão – o Magnífico. Muito popular, Teddy vivia com o povo da cidade e mandou afixar publicamente o seu número de telefone porque, dizia, o presidente deve estar ao serviço dos cidadãos. Teddy Kollek será sepultado na próxima quinta-feira, no cemitério do Mont Herzl.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Iraquianos homenageiam Saddam em todo o país