Última hora

Última hora

Segunda audição de suspeito do assassínio de prostitutas britânicas

Em leitura:

Segunda audição de suspeito do assassínio de prostitutas britânicas

Tamanho do texto Aa Aa

O camionista acusado de assassínio das cinco prostitutas no leste de Inglaterra comparece hoje pela segunda vez em tribunal. Stephen Wright de 48 anos foi detido a 18 de Dezembro na sua casa em Ipswich, o bairro onde trabalhavam as vítimas. Poucos dias depois os juízes acusaram-no do crime. No início de Dezembro, os corpos de cinco prostitutas entre os 19 e os 29 anos começaram a ser encontrados num campo nos arredores de Ipswich.

As vítimas, em alguns casos desaparecidas desde o início de Novembro, foram encontradas nuas, mas não apresentavam quaisquer sinais de violência ou agressão sexual. As cinco vítimas eram toxicodependentes e conheciam-se umas às outras. Duas delas foram estranguladas, a causa da morte das outras três continua por apurar. Também se desconhece a motivação do crime. A polícia sabe no entanto que as vítimas não morreram no local onde foram encontradas. As autoridades chegaram a deter outro homem de 37 anos, que mora numa aldeia perto de Ipswich, mas libertaram-no sob fiança no dia 21 de Dezembro.