Última hora

Última hora

Presidente e primeiro-ministro palestinianos reúnem-se de urgência e apelam à calma

Em leitura:

Presidente e primeiro-ministro palestinianos reúnem-se de urgência e apelam à calma

Tamanho do texto Aa Aa

A reunião de emergência entre o primeiro-ministro Ismail Haniyeh e o presidente da Autoridade Palestiniana Mahmoud Abbas serviu apenas para apelar à calma, depois de mais confrontos entre as diferentes facções. Foi também reiterada a intenção de formar um governo de união nacional, mas a avaliar pelas expressões dos dois responsáveis a negociação vai ser difícil. O presidente Abbas reuniu-se entretanto com representantes de todas as facções palestinianas para tentar alcançar um acordo e acalmar as hostilidades. Nas últimas 48 horas, morreram 12 pessoas e 30 ficaram feridas. O último ataque foi perpetrado contra a casa do ministro dos Negócios Estrangeiros. Mahmoud al-Zahar morreu, um filho também, a mulher ficou ferida em estado grave.

Ao mesmo tempo, os Estados Unidos vão desbloquear cerca de 80 milhões de euros para os serviços de segurança afectos ao presidente Abbas. O dinheiro deverá servir apenas para uniformes e equipamento. Os Estados Unidos garantem que o valor não será usado em armamento. Mas segundo as autoridades israelitas, foram já entregues mais armas aos palestinianos, provenientes da Jordânia e do Egipto. A última entrega terá sido feita na semana passada.