Última hora

Última hora

Tribunal de Hamburgo anuncia pena de al-Motassadeq

Em leitura:

Tribunal de Hamburgo anuncia pena de al-Motassadeq

Tamanho do texto Aa Aa

Mounir al-Motassadeq vai conhecer esta segunda-feira a sua sentença pelo crime de cumplicidade dos pilotos-suicidas dos atentados terroristas de 11 de Setembro de 2001, nos Estados Unidos. Condenado inicialmente a sete anos de prisão, este cidadão francês de origem marroquina, de 32 anos, foi depois condenado pelo Tribunal Regional de Hamburgo a 15 anos de prisão. É precisamente este mesmo tribunal de Hamburgo que deverá agora pronunciar-se sobre o recurso apresentado pelo réu.

No ano passado, o Supremo Tribunal Federal, em Karlsruhe, ao apreciar os recursos da defesa e da acusação, deu como provado, tal como já tinha acontecido no primeiro julgamento, que al-Motassadeq foi não só membro de uma organização terrorista mas também cúmplice dos pilotos-suicidas do 11 de Setembro, responsáveis por 3.066 mortes. No entanto, o Supremo em Karlsruhe remeteu a fixação da pena para o Tribunal Regional de Hamburgo, onde al-Motassadeq tinha sido julgado anteriormente. Fontes próximas do processo esperam que a pena não seja reduzida.