Última hora

Última hora

Derrocada nos preços do petróleo

Em leitura:

Derrocada nos preços do petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

A cotação do barril de petróleo está em queda livre. Os preços desceram mais de 11% desde o início do ano. A razão mais apontada para esta queda é o Inverno ameno que se está a viver no Hemisfério Norte, com temperaturas bastante superiores às habituais nesta altura.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) pode marcar uma reunião de emergência, antes do encontro previsto para Março. O cartel vai também cancelar os planos para aumentar a capacidade de produção, por culpa dos preços do crude em queda, segundo informou o ministro do petróleo do Kuwait. Esta terça-feira, o barril de Brent caíu abaixo dos 54 dólares, um valor 30% abaixo do máximo histórico registado no Verão.

Em Dezembro, a produção da OPEP esteve ligeiramente abaixo dos 27 milhões de barris diários. No mês passado, a OPEP decidiu um corte de produção de 500.000 barris diários, que entra em vigor no dia um de Fevereiro, mas é provável que sejam precisas medidas mais rígidas.

Nos Estados Unidos, a procura de combustível para aquecimentos está um terço abaixo da norma, para esta época. As temperaturas em Nova Iorque rondam os dez graus, um nível muito longe dos Invernos rigorosos, cheios de neve e gelo, que a cidade costuma viver. É apenas um exemplo do que se está a passar, um pouco por todo o hemisfério.