Última hora

Em leitura:

Reputação da Rússia pode ser afectada pela crise do petróleo


mundo

Reputação da Rússia pode ser afectada pela crise do petróleo

A Comissão Europeia avisou que Moscovo pode prejudicar a sua própria reputação enquanto fornecedor de energia se não ultrapassar a crise com a Bielorrússia que está a afectar o abastecimento de petróleo a vários países do clube europeu. A Polónia e a Alemanha foram os primeiros a sentir os efeitos, durante a noite de ontem, quando foi interrompida a circulação de petróleo russo através do oleoduto de Droujba. Nas horas seguintes a Eslováquia, a Hungria e a República Checa também anunciaram perturbações.

Entretanto Moscovo acusava Minsk de apropriação ilegal de crude. Não demorou muito até que a Rússia assumisse a responsabilidade pela suspensão do transporte de petróleo através da Bielorrússia. Do Kremlin chegaram hoje as declarações do presidente Vladimir Putin sobre a necessidade de assegurar os interesses dos clientes ocidentais e com elas a promessa à União europeia de que tudo faria para resolver o contencioso.

No entanto, ontem quando Minsk enviou uma delegação a Moscovo para negociar um acordo, a Rússia avisou que não estabeleceria diálogo enquanto não fossem levantadas as taxas retroactivas impostas na semana passada à circulação do petróleo.

O oleoduto de Droujba que, ironicamente, significa “Amizade”, parte da Rússia até à Bielorrússia onde se ramifica para assegurar o abastecimento em vários pontos da Europa.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Frágil coligação representa esperança de estabilidade política na República Checa