Última hora

Última hora

Wolfgang Schussel volta ao parlamento austríaco

Em leitura:

Wolfgang Schussel volta ao parlamento austríaco

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de negociar uma coligação governamental largamente favorável aos conservadores, que perderam as eleições de Outubro, Wolfgang Schussel retira-se das luzes da ribalta. O até agora chanceler austríaco renuncia ao cargo de líder do partido conservador e exclui a possibilidade de participar no novo governo chefiado pelos social-democratas, passando a liderar a bancada parlamentar dos conservadores.

É a segunda baixa de peso do lado conservador desde que foi anunciada ontem a formação da coligação social conservadora. O ministro das Finanças, Karl Heinz-Grasser, também bateu com a porta e resolveu dedicar-se ao sector privado. Uma saída estranha, tanto mais que o ministério das Finanças vai continuar nas mãos dos conservadores. De resto todas as grandes pastas do governo: Finanças, Negócios Estrangeiros, Interior continuam nas mãos dos conservadores.

Os jornais austríacos de hoje fazem eco do desequilíbrio entre os ministérios a gerir por conservadores e democratas. Os analistas estimam que Gusenbauer cedeu demais para poder formar governo. O vice-chanceler e ministro das Finanças do novo governo será Wilhelm Molterer, até agora chefe dos conservadores no parlamento