Última hora

Última hora

Parlamento Europeu tem novo grupo de extrema-direita

Em leitura:

Parlamento Europeu tem novo grupo de extrema-direita

Tamanho do texto Aa Aa

A extrema-direita tem, novamente, um grupo próprio, com assento no Parlamento Europeu. O líder é Bruno Gollnisch, da Frente Nacional francesa, o partido de Jean-Marie Le Pen, que também faz parte do grupo.

A nova formação – Identidade, Soberania e Transparência – foi apresentada esta quarta-feira e reúne eurodeputados de orientação nacionalista radical, entre os quais Alessandra Mussolini, neta do ditador Benito.

O novo grupo pôde formar-se graças à recente adesão da Bulgária e da Roménia, que contribuíram com cinco dos 20 membros – o mínimo exigido pelo regulamento do Parlamento Europeu. Os outros vêm de França, Itália, Bélgica, Áustria e Reino Unido e estavam, até aqui, no grupo dos não inscritos.