Última hora

Última hora

Aniversário de Guantanamo marcado por manifestações a exigir encerramento

Em leitura:

Aniversário de Guantanamo marcado por manifestações a exigir encerramento

Tamanho do texto Aa Aa

Fechar a prisão norte-americana de Guantanamo, em Cuba, há cinco anos à margem da lei e das convenções internacionais. É esta a exigência de dezenas de organizações de defesa dos direitos humanos.

Em Londres, cerca de 200 pessoas assinalaram o aniversário vestindo-se de laranja – a cor das vestimentas distribuídas aos prisioneiros de Guantanamo – num protesto organizado pela Amnistia Internacional.

Com manifestações organizadas em vários pontos do globo, as organizações dos direitos humanos exigem que os prisioneiros da “guerra norte-americana contra o terrorismo” sejam alvo de uma acusação formal ou postos em liberdade, e que o estabelecimento prisional seja encerrado.

Na cidade de Melbourne, na Austrália, os protestos foram acompanhados pela exigência da libertação de David Hicks, o único detido de Guantanamo de nacionalidade australiana.