Última hora

Última hora

Banco de Inglaterra sobe preço do dinheiro

Em leitura:

Banco de Inglaterra sobe preço do dinheiro

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco de Inglaterra surpreendeu os mercados, ao anunciar um aumento da taxa de juro em um quarto de ponto, dos 5% para os 5,25%. Esta subida foi completamente inesperada. Os analistas previam que o banco central britânico esperasse por novos dados, nomeadamente quanto aos salários, para tomar esta decisão.

Depois de terem caído em 2005, as taxas de juro estiveram a subir progressivamente, com subidas em Agosto e Novembro do ano passado, e um novo aumento agora.

Comparando os quatro maiores bancos centrais do Mundo, o Banco de Inglaterra e a Reserva Federal dos Estados Unidos têm agora uma taxa directora igual, á frente do Banco Central Europeu e do Banco do Japão.

Na reunião desta quinta-feira, o BCE deixou, como era esperado, a taxa de juro de referência inalterada nos 3,5%. O presidente da instituição, Jean-Claude Trichet, reagiu às críticas da candidata socialista às presidenciais francesas, Segolène Royal, que exigiu o fim da independência do BCE nestas questões: “Somos responsáveis p2la estabilidade dos preços, desde um de Janeiro, em 13 países. Não conheço ainda os últimos números, mas muito provavelmente, incluindo a Eslovénia, estamos a falar para 315 milhões de pessoas: a independência do Banco Central está contemplada no Tratado”.

Trichet disse ainda que a posição do Banco Central não se tinha alterado desde Dezembro, o que significa que, em princípio, não deve haver alteração no preço do dinheiro na reunião do próximo mês.

No entanto, as subidas nos juros parecem longe de estar terminadas. Trichet deu a entender que, mais tarde, iria haver novas subidas.