Última hora

Última hora

Shinzo Abe pede à União que pressione a Coreia do Norte

Em leitura:

Shinzo Abe pede à União que pressione a Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro do Japão foi recebido esta quinta-feira, em Bruxelas, onde discutiu com o presidente da Comissão Europeia o programa nuclear norte-coreano. No cargo há apenas três meses, Shinzo Abe está a realizar um périplo por várias capitais europeias, para reforçar as relações com a Europa.

Já esteve em Londres e em Berlim, onde recebeu o apoio dos governos britânico e alemão no que toca à linha dura que Tóquio defende face a Pyongyang. Em Bruxelas, Abe veio pedir à União Europeia que pressione a Coreia do Norte a abandonar o seu programa nuclear. Contrariamente ao Japão, vários países europeus mantêm relações diplomáticas com a Coreia do Norte.

Nascido depois de 1945, Abe é o mais jovem primeiro-ministro japonês do pós-guerra e ambiciona aumentar o peso do Japão na cena internacional, em termos diplomáticos mas, também e sobretudo, em termos militares.

É assim que, esta sexta-feira, Shinzo Abe será o primeiro chefe de governo nipónico a ser recebido na sede da NATO. O Japão tenciona aproximar-se da Aliança Atlântica. Tóquio vê com bons olhos uma cooperação flexível com esta organização.