Última hora

Última hora

Fuelóleo ameaça as costas norueguesas

Em leitura:

Fuelóleo ameaça as costas norueguesas

Tamanho do texto Aa Aa

É uma corrida contra a maré negra na Noruega. As autoridades colocaram em marcha um dispositivo para evitar um grave acidente ambiental nas costas do país por causa das 290 toneladas de fuelóleo que estão à deriva no mar do Norte.

A mancha de poluição libertou-se quando um navio com pavilhão cipriota se partiu ao meio na noite passada ao largo da ilha Fedje.

Um dos voluntários das equipas de limpeza refere que uma catástrofe só foi evitada porque o navio “estava praticamente vazio” e mesmo “assim a quantidade de fuelóleo é enorme”. “Só imaginar o que teria acontecido se a embarcação transporta-se 300 mil toneladas é assustador”.

O petroleiro de 180 metros com pavilhão cipriota e armador grego, naufragou depois de embater nas rochas perto do farol de Hellesoy ao largo da ilha Fedje.

O “Server” dirigia-se para o porto russo de Murmansk e enfrentava na altura do naufrágio ondas de 7 metros e ventos fortes, condições habituais para a região nesta época.

Os 25 membros da tripulação foram resgatados logo após o acidente e encontram-se bem.