Última hora

Última hora

Referendo do aborto domina peregrinação a Fátima

Em leitura:

Referendo do aborto domina peregrinação a Fátima

Tamanho do texto Aa Aa

A peregrinação do 13 de Janeiro a Fátima ficou marcada este ano pelo referendo sobre a despenalização do aborto, do próximo dia 11 de Fevereiro. Uma peregrinação que serviu para a igreja católica reforçar a sua oposição à interrupção voluntária da gravidez.

Devido à proximidade da consulta, o tema das cerimónias de Fátima de sexta e sábado foi “Acolher a vida como um dom de Deus”. Numa eucaristia concelebrada por mais 12 bispos e algumas dezenas de sacerdotes, D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, considerou o fenómeno do aborto “como chaga social”.

A mobilização social originada pelo referendo sobre o aborto levou os vários movimentos a recolher cinco vezes mais assinaturas do que na consulta popular sobre o mesmo tema realizada em 1998, que não foi vinculativa porque teve uma
participação inferior a 50% dos eleitores. Ao todo foram reunidas 260 mil assinaturas. Há nove anos o número de subscritores ficou-se pelos 50 mil.