Última hora

Última hora

Sarkosy apela à união da UMP

Em leitura:

Sarkosy apela à união da UMP

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkosy prepara-se para ser investido esta tarde como candidato da direita às eleições presidenciais francesas. O presidente da UMP pediu hoje união aos militantes, numa alusão à chegada de Dominique de Villepin ao recinto onde se realiza o congresso do partido em Paris. O primeiro-ministro francês afirmou a semana passada que não votaria no candidato e que aguardava a decisão do Jacques Chirac sobre a sua eventual recandidatura como independente.

Para evitar incidentes, Sarkosy apelou ao fim das divisões. “Só poderemos ganhar se eu tiver o apoio de todos. O sectarismo é para os outros, não é para nós.”, considerou o ministro do Interior. Villepin não vai discursar durante o congresso nem esperar pela divulgação esta tarde dos resultados da votação.

Desde 2 de Janeiro, os 327 mil filiados da UMP puderam participar via Internet no plesbicito organizado para designar oficialmente Sarkosy como candidato do partido às eleições de 22 de Abril. O resultado do escrutínio que será divulgado às 13h00 de Lisboa não reserva surpresas. Sarkosy tem o apoio dos pesos-pesados do seu partido, como os ex-primeiros ministros Allain Juppé e Jean-Pierre Raffarin.