Última hora

Última hora

Parlamento Europeu: grupo de extrema-direita oficialmente constituído

Em leitura:

Parlamento Europeu: grupo de extrema-direita oficialmente constituído

Tamanho do texto Aa Aa

Está oficialmente constituído o novo grupo de extrema-direita do Parlamento Europeu. A nova formação chama-se Identidade, Soberania e Transparência e foi apresentada a semana passada. O líder é Bruno Gollnisch, da Frente Nacional francesa, o partido de Jean-Marie Le Pen, que também faz parte do grupo. “Somos um verdadeiro grupo político, em perfeita conformidade com o artigo 29 do regulamento e com os tratados”, declarou o Gollnisch.

Mas a nova formação não é bem-vista por outros grupos. O líder dos socialistas, Martin Schultz, não lhe poupa críticas: “É completamente inaceitável. Não conseguimos imaginar como é que estes velhos fascistas, neonazis, racistas, anti-semitas e xenófobos podem representar os nossos valores europeus.”

Os socialistas pediram mesmo a aplicação do que chamam um “cordão sanitário”, isto é, impedir os eurodeputados de extrema-direita de acederem a certos postos ou de poderem apresentar relatórios.