Última hora

Última hora

Procuradoria ordena inquérito a primeiro-ministro israelita

Em leitura:

Procuradoria ordena inquérito a primeiro-ministro israelita

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, vai ser alvo de mais uma investigação criminal. O ministério da Justiça confirmou que a Procuradoria-Geral ordenou a abertura de um inquérito ao alegado uso de informação privilegiada, por parte de Olmert, para favorecer um amigo durante o processo de privatização do banco Leumi.

Na semana passada, Olmert anunciou estar inocente e qualificou de rumores as informações sobre o assunto. A privatização do banco Leumi teve lugar em 2005 quando Ehud Olmert era ministro das Finanças no governo de Ariel Sharon. O primeiro-ministro foi já alvo de várias investigações criminais relacionadas com corrupção mas nunca foi formalmente acusado.