Última hora

Última hora

Angela Merkel em prol da tolerância e da Constituição Europeia

Em leitura:

Angela Merkel em prol da tolerância e da Constituição Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Foi num discurso pautado pelos valores da tolerância e da diversidade europeias que Angela Merkel apresentou, aos eurodeputados, as prioridades da presidência alemã da União. A chanceler, a primeira chefe do Conselho Europeu oriunda do outro lado do Muro de Berlim, louvou os quase cinquenta anos de construção europeia que fizeram da casa da Europa um local de paz. Por isso diz: “Não quero abandonar esta casa: não há melhor local para viver do que a casa comum europeia.”

Mas a casa está a alargar-se e precisa de novos instrumentos para permitir gerir, com eficácia, os seus 500 milhões de habitantes. Isto é, precisa de uma Constituição. “A fase de reflexão acabou. Agora, até ao mês de Junho, trata-se de tomar decisões. E comprometo-me a que, até ao final da presidência alemã, seja decidido um calendário para continuar o processo constitucional”, afirmou a chanceler.

O relançamento deste processo e a criação de uma política comum de energia – que garanta a segurança energética e a luta contra o aquecimento planetário, são as grandes prioridades de Berlim.