Última hora

Última hora

Senadores republicanos lançam ofensiva contra plano de Bush na véspera de discurso no Congresso

Em leitura:

Senadores republicanos lançam ofensiva contra plano de Bush na véspera de discurso no Congresso

Senadores republicanos lançam ofensiva contra plano de Bush na véspera de discurso no Congresso
Tamanho do texto Aa Aa

Cresce a contestação entre os republicanos à nova estratégia de George W. Bush para o Iraque na véspera do tradicional discurso sobre o estado da União. Alguns senadores do partido de Bush aliaram-se a democratas e apresentaram um novo projecto de resolução que contesta o envio de 21 mil soldados suplementares.

O texto é menos severo do que o da liderança democrata. John Warner é um dos autores deste novo documento. O senador republicano da Virgínia e ex-presidente da comissão para as Forças Armadas, afirma que “o senado não concorda com o plano de aumento de tropas”, pede a Bush que estude outras alternativas e que estas estejam dependentes da capacidade de acção do governo iraquiano.

Os textos começam a ser votados após o discurso de Bush sobre o estado do país, esta terça-feira, pela primeira vez face a um Congresso controlado pelos democratas. Apesar da oposição, Bush diz estar determinado a concretizar o seu plano.

Os porta-vozes tentam, no entanto, orientar os olhares para a política interna, mas sem sucesso. Mesmo o número dois da Al-Qaida, Ayman Al-Zawahiri, surgiu para ridicularizar a nova estratégia de Bush e desafiá-lo a enviar todo o exército americano, para ser aniquilado pelos combatentes islâmicos.

No terreno a situação é também contra a Casa Branca. Apesar do reforço de tropas na capital iraquiana, os atentados prosseguem. Só ontem, morreram mais de cem pessoas em ataques contra mercados de Bagdade.