Última hora

Última hora

Hamas e Fatah declaram cessar-fogo

Em leitura:

Hamas e Fatah declaram cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

O Hamas e o Fatah declararam um cessar-fogo, após quatro dias de confrontos sangrentos que custaram a vida a 33 palestinianos. A trégua foi decidida durante um encontro entre o primeiro-ministro Ismail Hanyieh e um colaborador próximo do presidente Mahmoud Abbas que se encontra de viagem ao estrangeiro. O comunicado conjunto foi lido pelo ministro dos Negócios Estrangeiros palestiniano, Mahmoud Zahar.

“Pedimos a retirada de todos os militantes da rua e apelamos às duas partes para que respeitem os acordos anteriores”, disse Mahmoud Zahar.

O texto apela ainda à libertação dos activistas dos dois movimentos que foram raptados nos últimos dias.Representantes dos serviços de segurança egípcios estiveram presentes na reunião em que ficou decidido um próximo encontro entre Haniyeh e Abbas para “relançar o diálogo nacional”.

A violência no território intensificou-se em Dezembro depois de Mahmoud Abbas ter anunciado a realização de eleições antecipadas devido à falta de acordo com o Hamas para formar um governo de unidade nacional. A comunidade internacional decidiu suspender as ajudas ao território enquanto o governo do Hamas não reconhecer o estado de Israel e não renunciar à violência.