Última hora

Última hora

Ex-ministro da Justiça culpado de delito sexual

Em leitura:

Ex-ministro da Justiça culpado de delito sexual

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um escândalo de cariz sexual atinge a classe poítica israelita. Um tribunal de Telavive considerou culpado de assédio sexual o antigo ministro da Justiça. Haim Ramson de 57 anos foi acusado de ter beijado à força uma jovem mulher soldado do exército israelita. Perante um colectivo de três juizes alegou que se sentia atraído por ela e que ela o incitou. Forçado a demitir-se do cargo que ocupava no governo, em Agosto do ano passado, quando o Ministério Público formalizou a acusação, Ramson incorre numa sentença que pode ir a um máximo de três anos de cadeia. Na mira da Justiça está também o actual Presidente israelita. O Procurador-Geral já notificou Moshe Katzav de que será processado por assédio sexual e violação de quatro ex-secretárias.