Última hora

Última hora

Ibarretxe ouvido em tribunal

Em leitura:

Ibarretxe ouvido em tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

Um mês após o atentado da ETA no aeroporto de Madrid, a justiça do País Basco espanhol aperta o cerco ao processo político desenvolvido durante a trégua. Esta manhã, o chefe do governo basco, Juan José Ibarretexe, compareceu perante os juizes do Supremo Tribunal de Justiça em Bilbau. A justiça quer saber porque é que Ibarretexe recebeu oficialmente o líder do Batasuna, o braço político da ETA,no passado dia 20 de Abril, um mês depois da entrada em vigor da trégua decretada unilateralmente pelo grupo terrorista.

Ontem foi a vez de Arnaldo Otegi ser chamado ao tribunal. O líder do ilegalizado Batasuna recusou-se a responder às questões dos magistrados e alega que este é um processo político e não jurídico. Ibarretexe defende-se, por seu lado, afirmando que o chefe do governo tem que aproveitar as oportunidades e estar disponível para o diálogo com todas as forças políticas.

No quadro da lei, os líderes do Batasuna estão proíbidos de qualquer actividade política. O chefe do governo pode ser acusado de colaboração no delito de desobediência. Na segunda-feira à noite, mais de 40 mil pessoas reuniram-se em Bilbau em protesto contra aquilo a que chamam a “politização da justiça”